quinta-feira, 30 de setembro de 2010

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

OpenShot 1.2.2

Nova versão do Openshot 1.2.2 já está disponível no repositório do Ubuntu.
É incrível a evolução deste programa. Se a ideia de utilizar o "Inkscape" como gerador de títulos do Openshot era excelente, a ideia de utilizar o Blender para criar títulos 3D no OpenShot 1.2 é brilhante!
Mas você não precisa saber mexer no Blender (você nem vê o programa). O Openshot já vem com um conjunto de animações predefinidas, onde você só tem de alterar o texto do título numa caixa de dialogo. Todo o trabalho pesado é feito pelo OpenShot através da excelente iteração GTK + Blender + Python.
Para ter títulos em 3D nos seus filmes, é necessário ter instalado o Blender 2.5 (ou superior) que ainda não está disponível no repositório do Ubuntu. Você tem de baixar a versão Beta do site do Blender, e depois no Openshot ir até ao menu Editar > Preferências, e mudar o caminho para o "Executável Blender" na aba Geral.
Na próxima versão do Ubuntu 10.10 estará tudo funcional de "origem" :)

As novidades mais interessantes:
  • Gestor de perfis (para além da lista infindável de perfis, agora já pode criar os seus perfis personalizados)
  • Possibilidade de importar novas transições (e "mask's")
  • Gerador de títulos 3D (Super Fácil e intuitivo de usar)
  • Melhoria significativa da interface. (agora os vídeos, sons e imagens são arrastados na "timeline" de uma forma mais "suave")
Sem duvida alguma que atualmente é um dos melhores (ou mesmo o melhor) editor de vídeos para o Linux. Fácil de utilizar, estável, e com excelentes potencialidades.
É fantástico como um projeto relativamente "recente" como o OpenShot, conseguiu criar um software de excelente qualidade e com inúmeras possibilidades.




Veja mais novidades desta nova versão na página oficial do projeto.
http://www.openshotvideo.com/2010/09/its-about-time-openshot-121-released.html

OpenShot Rules!!! Thank You Jonathan Thomas, and all the people in the OpenShot project! Great work! :)

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Data de lançamento do filme Sintel


A Blender Foundation já divulgou a data de lançamento online do seu novo filme open source intitulado "Sintel".
No dia 30 de Setembro já poderemos ver o resultado do trabalho realizado no Durian Open Movie Project.

Depois dos filmes "Elephant’s Dream" e "Big Buck Bunny", a expectativa da comunidade em relação ao novo filme "Sintel" é grande.
Eu também estou curioso para ver o resultado, depois de ter acompanhado o desenvolvimento do filme no blog oficial durante os últimos meses.

E como tem sido habitual, com o lançamento do filme, também é lançado uma nova versão do Blender (versão estável).

http://durian.blender.org/

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Ubuntu "Getting physical"

Trata-se apenas de um prototipo que utiliza tecnologias de reconhecimento facial para mover os elementos da interface.

A interface adapta-se de acordo com a posição do utilizador em relação ao computador.
Por exemplo, se o utilizador afastar-se ligeiramente para trás, a janela que está "ativa" muda para o modo fullscreen.

Veja o vídeo:



Para mais informações consulte a página da "Canonical Design".

http://design.canonical.com/2010/09/getting-physical/

sábado, 18 de setembro de 2010

Mageia fork do Mandriva

Mageia uma nova distribuição Linux.

Com a liquidação da Edge-IT que é a empresa responsável pelo Mandriva Linux, a maioria dos empregados que trabalhavam na empresa para desenvolver a distribuição foi despedida.

E agora? Como fica o futuro dos utilizadores do "Mandriva Linux"?
A solução foi criar um fork. E assim nasceu a uma nova distribuição Linux com o nome de Mageia.
Mageia será desenvolvida por ex-empregados e contribuidores do "antigo" Mandriva.

Se existia alguma luz ao fundo do túnel para tentar salvar a distribuição comercial Mandriva, acho que essa luz apagou-se de vez com esse fork. Porque o mais certo é os contribuidores e os usuários do Mandriva migrarem "em massa" para o projecto comunitário Mageia.
"Nós não confiamos mais nos planos da Mandriva SA e não acreditamos que a empresa (ou qualquer outra empresa) seja um porto seguro para tal projeto." Essa frase resume tudo.

Eu ainda não entendi o que eles (empresa) vão tentar salvar agora, se a principal "riqueza" da empresa, seus colaboradores, estão a mudar de "malas e bagagem" para o novo projeto comunitário Mageia.

Adeus Mandriva SA???
Seja bem vinda Mageia :)