segunda-feira, 26 de setembro de 2011

OpenShot 1.4

OpenShot 1.4 já está disponível, e como tem sido habitual, há muitas novidades na nova versão.


Aqui está uma lista de algumas das novas características:

  • Melhorias na TimeLine.
  • Efeitos de áudio e vídeo mais estáveis.
  • Melhorias na correcção e ajuste de cor.
  • Novos efeitos de áudio e vídeo.
  • 5 novos perfis de vídeo.
  • Novas animações 3D.
  • Novas transições.
  • Aprimoramento nas traduções.
  • Melhoria nos thumbnails (pré-visualização em miniatura).
  • Melhorias na edição de títulos.
  • Novos atalhos de teclado.
  • Maior precisão nas cores dos título de animações 3D.
  • Correção de vários bugs, e melhoria na performance.
  • Funciona melhor com o MLT 0.7.4+, mas mantém a compatibilidade com as versões antigas.

O desenvolvedor principal e criador do OpenShot Jonathan Thomas, já está trabalhando numa futura versão que terá a sua própria "video editing library" escrita em c++ que irá substituir o MTL ("library" utilizada actualmente). O projecto ambiciona que já no próximo ano (mais ou menos daqui a uma ou duas versões) o OpenShot já tenha uma versão experimental com a sua própria "library".

A instalação no Ubuntu 9.04 (ou versões superiores) é feita através da adição de repositórios PPA:

sudo add-apt-repository ppa:jonoomph/openshot-edge
sudo apt-get update
sudo apt-get install openshot openshot-doc
Pare saber mais: http://www.openshot.org/

sábado, 10 de setembro de 2011

Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot sem Unity

Se não gostou do Unity ou tem uma máquina antiga que não se adapta bem ao Unity-2d não desespere. Não é o fim do Mundo :P
Basta instalar o "gnome classic" no Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot.
Vá até ao menu do Unity e pesquise por "terminal" e clique enter.
No terminal execute o seguinte comando:
sudo apt-get update

Depois adicione os repositórios "universe" e "multiverse".
sudo software-properties-gtk -e universe && sudo software-properties-gtk -e multiverse

Novamente um apt-get update:
sudo apt-get update

E finalmente instale o gnome-session:
sudo apt-get install gnome-session-fallback

Agora é só fazer log-out:
E no LightDM clique na "roda dentada" e escolha a sessão "GNOME Classic"
Após o "login" aparece uma janela de erro do GNONE3 (essa mensagem de erro só aparece uma vez).
Ignore a mensagem de erro e aproveite o seu Ubuntu 11.10 com o "tradicional" desktop :)

Nota: O LigthDM ainda não guardava a última sessão escolhida quando escrevi este post (o Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot ainda estava em versão beta).
Para que não seja necessário escolher o "Gnome Classic" sempre que se faz login, é necessário colocar o gnome-classic como default session.
Para fazer isso bastar executar o seguinte comando:

sudo /usr/lib/lightdm/lightdm-set-defaults -s gnome-classic

Dica: Se você utiliza auto-login, pode usar o mesmo comando em cima, para arrancar sempre com o gnome-classic